Faça voce mesmo: publicando o próprio livro no iPad

Posted on Apr 29, 2014 in 4 a 8 anos, Apps, Bastidores do iPad, Grátis, Para ler | 3 Comments

Eu tenho mil idéias mirabolantes para livros-aplicativos. Mas já trabalhei em editora e sei que é quase impossível ter a atenção deles se você nunca foi publicado. Aí, dá uma preguiça e guardo tudo na gaveta. Por isso é que tiro o chapéu para quem está encarando a auto-publicação. Tem muita gente aprendendo a mexer em ferramentas que permitem juntar texto, imagem, animação e muito mais – tudo para tirar suas idéias da gaveta.

Semana passada o Márcio Monteiro mandou um release de seu livro, Lua e Sol. Ele escreveu, ilustrou, programou, narrou… Ufa! O livro é uma graça. Bem poético e simples, uma história de como o Sol e a Lua se conheceram certo dia, e de como desse encontro surgiram as estrelas. Eu fiquei curiosa quanto ao processo de produção do livro-app, e fiz umas perguntinhas para o autor.

Se você também tem uma idéia bacana que podia se transformar num livro digital, inspire-se. Quem sabe?

P: Quem é você?

P: Quem é você?

R: Sou um recém-ilustrador e escritor de livros infantis, e também, formado em Design pela UFPE. Nasci e vivo em Recife. Quando criança, desenhava muito, mas um dia, sem saber o porque, parei de rabiscar e me tornei adulto… Trabalhei com outras coisas na minha área, mas sem me sentir completo… faltava algo.

Sempre via os livros infantis, suas mensagens e ilustrações… Eram coisas pequeninas e gigantes ao mesmo tempo, queria poder fazer aquilo. Há alguns anos comecei a escrever minhas histórias e a tentar ilustrá-las, e quando fazia, me sentia bem, uma felicidade no peito… era isso o que eu queria! Foi um caminho longo e que começa a dar frutos coloridos… e que continua, tenho muito o que aprender, muito o que fazer.

P: Já escreveu ou ilustrou livros antes?

R: Comecei a escrever há alguns anos, histórias que ficaram guardadas e que estão vindo ao mundo aos poucos, começando com o livro “Lua e Sol”. Ilustrei três livros para autores diferentes entre 2010 e 2012. “O mundo de uma menina de sonhos”, “A casa mágica” e “Bia Baobá”, muito importantes para eu cair de vez no mundo da ilustração.

P: Como surgiu a vontade de fazer sozinho o Lua e Sol?

R: Queria um meio que me desse mais independência, menos estresse em não ter que bater de porta em porta a procura de alguém interessado em publicar meu trabalho, e que atingisse as pessoas de uma forma fácil. O formato digital foi a escolha. Mas tenho planos de que os livros saiam em papel também, em um futuro qualquer.

P: Você usou o Demibooks, que ajuda autores a produzirem seus livros-app. O que achou dessa ferramenta? O que foi mais bacana e o que foi mais difícil na produção?

R: O Demibooks foi fundamental para ajudar na parte de desenvolvimento do app, a programação em si. Coisa que não é da minha área, e só foi possível através dele. Apesar de termos ainda que ter um pouco de noção de lógica de programação para usá-lo, é tudo bem facilitado com uma interface, e de uma forma intuitiva depois que você pega o jeito. Com isso, pude me dedicar mais ao desenvolvimento das ilustrações, texto, design, animação, tipografia, efeitos sonoros etc. E essa para mim é a parte mais bacana. O mais difícil foi o começo, ficar perdido sem saber para onde ir, o que fazer, mas depois tudo foi se tornando natural.

ComposerPro da Demibooks®: para quem está começando no mundo do livro-app

 P: O que achou do resultado final?

R: Foram meses e meses dedicados a fazer “Lua e Sol” e uma alegria grande por ele ter ficado da forma que eu imaginei, com cara de livro e com interações que funcionam junto com a história, que ajuda a contá-la. Ficou lindo! : )

 P: Como foi o processo de traduzir e produzir a história em outras línguas?

R: A essência da historia é a principal coisa a se levar em consideração na hora da tradução, tem que haver conversa e troca de idéias com os tradutores para que o texto saia com o mesmo sentimento. Para a narração em Inglês e Francês, procurei narradores nativos, já que é um livro onde muitas crianças estão começando a ter os primeiros contatos com a leitura e linguagem. Ambos os trabalhos foram feitos por profissionais competentes e fáceis de trabalhar. Isso facilitou muito.

P: O que é que tem no seu iPad?

R: Acreditem, sou novo no mundo do iPad, você vai encontrar diversos livros infantis, coisa essencial para o meu trabalho e app para olhar as estrelas : )

Para quem ficou com vontade de dar vida a um projeto, vale baixar o Demibooks@ Composer Pro e testar.

 

Baixe aqui.

US$ 9,99. Em Inglês.

 

 

Lua e Sol está em promoção de lançamento: grátis por tempo limitado.

Aproveite, leia e deixe sua avaliação para o Márcio, lá na página de download.

Quer conversar com o autor? Mande um e-mail para marciomonteiro@outlook.com.

 

Baixe aqui.

Grátis por tempo limitado.

Em Português, Inglês e Francês. Sem propaganda, sem compras internas e sem acesso a redes sociais.

3 Comments

  1. iPad Família » Apps da Semana: 28.04 a 02.05
    03/05/2014

    […] a criar livros interativos e entrar no mundo da auto-publicação. Tem uma idéia na gaveta? Clique para ler a entrevista com um autor que acabou de lançar seu livro-app usando essa […]

    Reply
  2. Lionel Freitas
    01/05/2014

    Achei demais essa postagem. Tenho muito interesse nessa área, inclusive me identifiquei com a história e sentimentos que o autor revela na entrevista. Baixei o app e vou ler. Certamente gostaria de ver mais conteúdo como esse no site. Estão de parabéns.

    Reply
    • Maria Claudia
      03/05/2014

      OI, Lionel, que bom receber “feedback”! A gente também adora descobrir o que o pessoal criativo e engajado tem aprontado pelo iPad. Obrigada,
      Maria Cláudia.

      Reply

Leave a Reply